full screen background image
Últimas notícias

Veja como escolher corretamente o romã na hora da sua compra


A romã é bem nutritiva. Por conta da sua composição, ela contém propriedades antioxidantes, imunomoduladoras e anti-inflamatórias. Isso garante que ela seja uma aliada poderosa no combate o aparecimento de úlceras, tumores e doenças cardiovasculares.

E graças às proteínas, fibras, vitaminas, minerais e isoflavonas, a fruta auxiliar na redução de peso, no bom funcionamento do sistema digestivo e no combate ao envelhecimento precoce.

No entanto, para desfrutar de todos os benefícios da romã, é preciso contar com a fruta em um bom estado. Por isso é importante saber como escolher os melhores romãs na hora da compra. Veja os passos a seguir:

Escolhendo romã de qualidade

A romã oferece muitos benefícios para a saúde mas é importante saber escolhê-la

Deve-se observar cor, aparência, peso, consistência e formato dessa fruta (Foto: depositphotos)

Peso

O primeiro fator que você deve observar ao comprar uma romã é o seu peso. A fruta tem uma casca fina e é composta na sua maior parte pelo polpa, portanto, quanto mais pesada, mais suculenta ela está. Vale utilizar o velho hábito de pesar com as “mãos” e colocar uma fruta em cada uma. A mais pesada vai para a sacola!

Cor

A cor da romã madura é sempre avermelhada. Portanto, observe bem esse aspecto. Se estiver rosa, ainda está amadurecendo. Caso a superfície já esteja se encaminhando para o marrom, ela já está quase passando do ponto do consumo. A regra é básica: quanto mais vermelha, melhor!

Formato

Outra característica da romã que vai identificar se a mesma está madura para ser consumida é o seu formato. Se ela estiver bem redondinha ainda não está boa. Prefira os frutos com formato mais irregulares, pois isso significa que ela já cresceu o suficiente.

Consistência

Não tenha medo de manusear a fruta antes de levá-la para casa. Isso é fundamental para garantir uma compra de qualidade. Aperte com delicadeza a romã e veja se a mesma tem alguns pontos mais ‘fofos’ que outros. Isso pode ser um indício que algumas partes internas estão em processo de apodrecimento.

Aparência

Quanto mais brilhosa a superfície da romã estiver, melhor! Isso também vale para escoriações na casca. Procure sempre pelas mais lisinhas, sem fissuras ou brotos.

Como armazenar a romã?

Para consumir a fruta in natura, você pode guardá-la dentro da geladeira por até um mês ou o tempo que você perceber que ela já está passando do ponto. Se você estiver só com as sementes (sem a proteção da casca), coloque-as em um saco ou recipiente plástico totalmente fechado e consuma em até cinco dias.

Lambedor de romã: veja como preparar e para que serve

Mas, caso você decida congelar as sementes da romã, pode ficar tranquilo (a) pois dessa forma, ela dura até 1 ano sem perder as propriedades.



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *