full screen background image
Últimas notícias

SINDSERV E PREFEITURA ACERTAM AUMENTO E ABREM DIÁLOGO SOBRE RECUPERAÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS.

O Sindicato dos Servidores Municipais de Barueri  há algum tempo já vinha negociando um aumento de salário para toda a categoria junto à Prefeitura.

A diretoria do sindicato encabeçada pelo seu presidente Eduardo Assarito apresentou a pauta de reivindicações da categoria há alguns meses atrás, as negociações continuam e não tem data de encerramento.

Mas o que podemos anunciar é que TODOS os servidores municipais de Barueri, à partir do dia 1º de janeiro de 2018 , passarão a receber um AUMENTO DE 5% NO SALÁRIO BASE.

Os PROFESSORES da rede municipal de ensino, além dos 5% de aumento, receberão ainda um AUMENTO DE 3,5% SOBRE A HORA/AULA.

Isto se deve  a insistência do sindicato em tentar recompor o salário dos professores em relação ao Piso Salarial Nacional da categoria.

Lembrando que a inflação deste ano não deverá passar muito dos 3%.

O prefeito Rubens Furlan está consciente que é necessário sim este avanço nas questões salariais dos servidores municipais. Tanto é que nossa conversa não para por ai. O presidente Assarito confirmou que precisamos de mais avanços e a pauta é grande: “os companheiros servidores têm mostrado dia pós dia que a população da cidade pode contar com a categoria na prestação dos serviços essenciais como, saúde, educação, limpeza, segurança etc. Nada mais justo que esta categoria seja melhor valorizada e receba salários dignos.”

O sindicato afirma que ainda negociamos questões como melhorias nos EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) e do transporte do pessoal que tem um serviço mais pesado. Além de banheiros químicos que por eles possam ser usados com mais facilidade.

Estamos em via de anunciar também a criação da nossa necessária DATA BASE, para que em determinada época do ano as negociações sejam mais rápidas e transparentes com a administração municipal.

Lembramos que ainda temos o Plano de Carreira e Salários dos servidores para ser melhorado, além da criação de um Vale –Refeição que aumentaria o nosso poder de compra.

Estas e outras solicitações apresentadas pela categoria que se reúnem em nossa sede estão em conversação e a qualquer momento poderemos apresentar mais avanços.

 

Barueri, novembro de 2017.

Diretoria SindServ




19 comentários em “SINDSERV E PREFEITURA ACERTAM AUMENTO E ABREM DIÁLOGO SOBRE RECUPERAÇÃO SALARIAL DOS SERVIDORES MUNICIPAIS.

  1. FERNANDO BATISTA DE OLIVEIRA

    Um bom dia!
    Porquê que o sindicato não negocia com a prefeitura um projeto para moradia populares para o servidor.
    Já que a maioria não consegue comprar esse apartamento que está a venda, que por sinal São muito caro o servidor que ganha pouco não consegue comprar como Eu.
    A prefeitura tem muito terreno.
    O governo do estado fez uma parceria com a caixa inclusive o próprio estado dá subsídio para os servidores do estado.
    Qualquer pessoa de faixa salarial poderá comprar.

    Obrigado aguardo resposta

    Responder
    1. FERNANDO BATISTA DE OLIVEIRA

      Tenho certeza que a prefeitura pode fazer isso.
      Ajudar os servidores que ganham pouco.
      O que não pode acontecer é a prefeitura entregar o terreno nas mãos de construtora e elas cobrar preço de mercado dos apartamentos.
      Quem ganha R$ 3.000 não consegue comprar este apartamento que está a venda.
      Eu tentei mas não conseguir pedem entrada tem intermediárias um absurdo.

      Responder
    2. [Administrador] Post author

      boa tarde senhor Fernando. o nosso Projeto Habitacional, apesar de idealizado pelo sindicato, tem parceria com a Caixa Federal e com o Programa Minha Casa Minha Vida. são eles que determinam as condições de compra, entende? saiba que os apartamentos estão quase todos vendidos e servidores de todas as faixas salariais compraram o seu, muito ajudado pela composição da renda familiar. tal projeto habitacional é único no Brasil. entretanto, nós temos sim a intenção de partir para um outro projeto para outro público. sentimos muito por não ter conseguido comprar o seu. mas, infelizmente, o sindicato não pode, nem deve, interferir nestas questões comerciais. vamos ver o que nos espera num futura próximo. obrigado pelo contato. abraço.

      Responder
  2. Anonimo

    Olá caro sindicato que luta por nós servidores, quero inicialmente parabenizar pelo ganho, contudo, vale lembrar que seu apoio jurídico (aparentemente) é fraco.

    Conforme a Constituição Nacional, artigo 37, inciso X, está assegurada a revisão salarial a todos os servidores ANUALMENTE, SEM DISTINÇÃO DE ÍNDICE, ou seja, onde estavam nos ultimos 3 anos? E os 3.5%/hora distintos aos professores deveriam ser estendidos a todos, conforme preconizado.

    Por fim, entendemos o ganho, mas não podemos nos conformar com migalhas, o SINDICATO deverá sim lutar por todos Anualmente, no mínimo, para equiparação salarial junto ao indice de inflação

    Responder
    1. [Administrador] Post author

      senhor anônimo, podemos até entender as razões de seu anonimato, mas em respeito ao senhor, que aparentemente é servidor público também, podemos esclarecer algumas questões:
      primeiramente,o nosso jurídico é muito competente e engajado nas causas dos trabalhadores, entretanto, não é o jurídico (apenas), que trata de aumento com a Prefeitura. mas sim toda a diretoria do sindicato. o senhor deve saber que existe um teto para a folha de pagamento dos funcionários públicos, e que este teto não pode ser ultrapassado. é um dado público que pode ser visualizado no site da transparência. isto engessa, mas não impede as negociações.
      o senhor pode pesquisar pela internet o s municípios que conseguiram aumento neste ano, e o índice deste aumento, vai ver que a situação está complicada e muito para o setor público. para se informar melhor, por favor, compareça na sede do sindicato. obrigado

      Responder
      1. Anonimo

        Esclarecendo alguns equívocos, não compete ao Sindicato o gerenciamento do teto salarial da Prefeitura, mas sim aos gestores do próprio órgão. O Sindicato não deve ser condescendente a possíveis equívocos de gestão.

        Compete ao Sindicato lutar pelos direitos dos trabalhadores, bem como lutar pelo cumprimento das legislações vigentes.

        Ao longo destes 3 anos se aumento salarial, os servidores públicos se depararam com DISTINÇÕES DE INDICE, onde algumas profissões foram beneficiadas isoladamente.

        Fica inevitável a comparação de gestão sindical com outros sindicatos que atuam de forma eficaz (tais como os dos bancários), a criação de uma DATA BASE ANUAL é uma obrigação do Sindicato e ja deveria existir a décadas, demonstrando engajamento na causa, o uso e incentivo de paralizações ordenadas de parte dos serviços para a negociações podem ser feito de forma legal pelo Sindicato mas nunca utilizado. Enfim, fica a impressão que o SINDICATO está mais próximo da Prefeitura do que se seus funcionários.

        Apenas um desabafo.

        Responder
        1. [Administrador] Post author

          é verdade. além dos gestores, como é dinheiro público, este gerenciamento deve ser feito por toda a sociedade. esta luta que o senhor se refere é a nossa motivação. por isso estamos com as portas abertas para todos os servidores. a diferença mais importante entre os sindicatos do setor privado seu exemplo bancários) com os sindicatos do setor público é justamente a falta de regulamentação para a data base, período do ano em que as negociações com a administração sejam feitas com mais naturalidade e transparência (dinheiro público).
          o senhor pode pesquisar internet a fora quantos e quais municípios deram reposição salarial neste mês, no estado de são paulo e no brasil.
          se o senhor puder conhecer pessoalmente o nosso sindicato poderá constatar pessoalmente nossas ações e conduta. o senhor é nosso sócio?
          obrigado

          Responder
    1. [Administrador] Post author

      senhora Adriana. mas é claro que é pouco, e sempre dissemos isto. o que estamos falando é que pelo menos este não não tivemos perdas. o que é pouco, sim, mas não deixa de ser um avanço. 5% aos servidores e cerca de 8,5% aos professores. quando temos aumento é ruim, quando não temos aumento, é ruim também? mostre quais categorias no Brasil não estão com perdas salariais acumuladas. ainda mais no setor público que é pior. mostre quantas e quais cidades tiveram aumento bem como o índice. a senhora vai constatar que a situação está muito difícil mesmo, a sua vergonha passe. obrigado pela atenção!

      Responder
  3. Servidor

    Parabéns Sindiserv,

    Acho justo aumento de 5% em ano de inflação 3% ou 4%.
    Agora quanto a inflação de 2014 de 6,4%, 2015 de 10,67% e 2016 de 6,28%. Acumulado no período de 25,14%. Não foi colocado em pauta?
    Referente ao Plano de Carreira, quando será inplantado? Segundo ano que nada foi feito. Qual a justificativa?
    Outra coisa, professor paga mais pelo arroz, feijão, gás, luz, água…
    Acredito que não, o que justifica eles receberem 8,5% enquanto os demais 5%.

    Responder
  4. [Administrador] Post author

    ok, senhora taty, se a senhora acha isto uma vergonha, comunique ao rh da prefeitura que a senhora não precisa desta vergonha e que abre mão do aumento. a senhora deveria , isto sim, valorizar que pelo menos neste ano não teremos perdas salariais, mas a senhora prefere tentar agredir ao sindicato mesmo sabendo como é a nossa atuação. principalmente a senhora que sofreu tantas c´riticas em sua conduta perante as merendeiras. esta seu modelo de comportamento é muito emblemática e serve de exemplo. principalmente a senhora que é usu´ria dos nossos serviços. uma pena, realmente. mas ainda acreditamos que poderemos melhorar sempre mais para atender suas necessidades.

    Responder
    1. marcelo souza

      parabens taty pela coragem de expor o que muitos pensam, acredito se não houver uma melhor postura do sindicato este esta fadado a extinguir, alias quem é o presidente do sindserve assarito? ou neto? só mais uma coisa reposição salarial não é aumento salarial e só pra compretar o ajuste da inflação anual para vpi ninguém fala nada? creio que deveria ser extinto o atual plano de carreira e voltar como era antes pelo menos “a reposição” era no total do salario e não apenas em parte.

      Responder
      1. [Administrador] Post author

        caro senhor marcelo souza, o sindicato é gerido por 20 diretores de praticamente todas as secretarias. todos os diretores têm a mesma função e poder hierárquico. o senhor deve ser entendido no assunto, então deve saber que a diretoria executiva realiza a parte burocrática. não importa em nada se este ou aquele diretor é o presidente. todos temos os mesmo deveres e obrigações. as decisões são coletivas e de portas abertas. se o senhor já frequentou o sindicato deve saber. não há hierarquia no sindicalismo, não sabia??
        saiba que certas críticas que recebemos nos deixam a certeza de que estamos no caminho certo. pessoas que usam nossos serviços, frequentam nossa sede, se beneficiam dos nossos parceiros e ainda fazem críticas. se somos ruins, imagina então se fossemos bons, heim?! por favor, dá uma olhadinha por ai na realidade do serviço público e veja os avanços que receberam. faça uma análise conjuntural (de toda a conjuntura do setor), vai ver a dificuldade que se encontra.
        veja como agem os sindicatos espalhados por ai. veja quem está de portas abertas todos os dias, reuniões manhã tarde e noite. jurídico funcionando todos os dias da semana aqui. veja quais sindicatos visitam sua base TODOS OS MESES. além de sindicalistas, somos servidores concursados. todos temos PROFISSÃO para sustento da família. precisamos de coesão para avançar. predicações como a sua nada favorecem.
        o sindserv está melhor e vai melhorar mais ainda.
        obrigado

        Responder
  5. TatyMarks

    Isso é um ABSURDO! nosso salários defasado há anos e me chamam isso de aumento? Vcs deveriam ter vergonha de chamar isso de aumento! Querem fazer média com os servidores? Mas graças a Deus já sabemos que vcs são massa de manobra do governo, seja ele qual for.

    Responder
    1. [Administrador] Post author

      ok, senhora taty, se a senhora acha isto uma vergonha, comunique ao rh da prefeitura que a senhora não precisa desta vergonha e que abre mão do aumento. a senhora deveria , isto sim, valorizar que pelo menos neste ano não teremos perdas salariais, mas a senhora prefere tentar agredir ao sindicato mesmo sabendo como é a nossa atuação. principalmente a senhora que sofreu tantas c´riticas em sua conduta perante as merendeiras. esta seu modelo de comportamento é muito emblemática e serve de exemplo. principalmente a senhora que é usu´ria dos nossos serviços. uma pena, realmente. mas ainda acreditamos que poderemos melhorar sempre mais para atender suas necessidades.

      Responder
      1. Antonio

        Além de ser grosseira a resposta do Sindicato em relação a posição da servidora, este indÍce denota a incapacidade deste sindicato em negociar em favor dos servidores.
        Desde o último reajuste (dez/2013-data do último decreto), já tivemos perdas superiores a 30% (IPCA). Desta forma em poucos anos estaremos ganhando menos que o salário mínimo.
        Quais outras categorias, além da educação será contempladas com reajustes especiais.

        Responder
        1. [Administrador] Post author

          boa tarde senhor Antonio.
          suas inferências são superficiais. pois aqui no sindicato somos sindicalistas e servidores públicos concursados como o senhor, não aceitamos ser chamados de massa de manobra (até porque não cabe ao caso, pois “massa de manobra” tem outro significado), e temos sim vergonha na cara. assim também como o senhor não aceitaria.
          acompanhe Brasil a fora quais e quantos municípios conseguiram avançar nas questões salariais. vai ver que muitas cidades ricas como a nossa, estão sim com muita dificuldade em manter seus serviços funcionando. ainda mais conseguindo dar aumento. conseguimos convencer o prefeito que precisamos urgentemente valorizar o servidor de Barueri.
          se não vem aumento reclama, quando não vem aumento reclama ? o que precisamos neste momento é unir as forças e avançar tendo em vista a concordância da prefeitura em ceder tal aumento (5% aos servidores e 8,5% aos professores), e avançar na pauta. aceitamos críticas sim, tanto que publicamos tudo que fazemos sem medo de nada e respondemos aos comentários como estamos fazendo agora com o senhor, mas quando estes são covardes e sorrateiros, repudiamos. obrigado pelo contato!

          Responder
      2. Anonimo

        Nossa, que resposta desnecessaria SINDSERV, falta de profissionalismo, onde está seu apoio jurídico e de imprensa?

        Bom, desde já agradeço a vitória pelos servidores, contudo, creio que o título titulo esteja equivocado, seria no máximo uma tentativa de equiparação salarial retroativa, de 3 anos de inflação que não foram corrigidas.

        Novamente agradeço, mas peço que, na condição de SINDICATO, não se contente somente com estes 5%.

        Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *