full screen background image
Últimas notícias

Benefícios, Usos, Indicações e Contraindicações -


Própolis é uma substância de origem vegetal obtida pelas abelhas por meio da colheita de resinas da flora e alteradas pela ação de enzimas contidas em sua saliva. Sua composição é de, aproximadamente, 55% de resinas vegetais, 30% cera de abelhas, 10% de óleos essenciais e 5% de pólen.

Há vários tipos de própolis, cuja consistência, cor e composição variam de acordo com a temperatura, o tipo de solo e a vegetação local, etc. Os tipos mais conhecidos são o verde, o marrom e o vermelho, sendo o Brasil um dos maiores produtores de própolis do mundo.

Confira mais a respeito das propriedades deste produto só aqui, no Quero Viver Bem!

própolis

Propriedades do própolis

Conhecida desde a antiguidade por suas propriedades medicinais, a substância vem sendo utilizada como remédio para combater feridas e infecções, mas sua ação vai muito além disso.

As inúmeras propriedades do própolis fazem dele um grande aliado para a saúde. Ele é rico em minerais, aminoácidos e vitaminas que proporcionam uma série de benefícios para quem o consome.

Vejamos quais os principais, a seguir.

Benefícios do própolis

Antioxidante

A presença de antioxidantes no própolis permite neutralizar e eliminar os radicais livres de muitos sistemas diferentes do corpo, razão pela qual o própolis verde se torna bem eficiente e valioso.

Os antioxidantes aumentam a produção de aticorpos, fortalecendo o sistema imunológico e atuando junto dele na luta para eliminar invasores estranhos e diminuir o avanço de radicais livres, evitando, assim, o envelhecimento precoce, bem como as doenças cardiovasculares, neurológicas, etc.

Antibiótico natural

O própolis tem sido utilizado por sua ação antisséptica durante séculos, devido aos seus inúmeros ingredientes ativos. As próprias abelhas usam a substância para desinfetar e proteger a colmeia.

Também, o própolis combate as bactérias nocivas, mas preserva as benéficas, como as da flora intestinal.

Anti-inflamatório

Os compostos fenólicos presentes na resina, em especial os flavonoides, merecem destaque no papel de prevenção e combate a inflamações e infecções.

Além de ingerido, o própolis pode ser aplicado, como um creme, para tratar diversas inflamações da pele, sendo eficaz, também, no tratamento de queimaduras de primeiro e segundo grau.

Anticancerígeno

Algumas pesquisas têm sugerido que o própolis possui um papel importante na prevenção e no tratamento de alguns tipos de câncer, sobretudo contra tumores em cérebro, pâncreas, cabeça, pescoço, rim, bexiga, pele, próstata, mama, cólon, fígado e sangue.

Muitos dos compostos ativos do própolis contribuem para isso: eles inibem o crescimento de novos vasos sanguíneos que alimentam as células cancerosas; impedem a propagação do câncer de um órgão para outro; ajudam a parar a divisão celular característica do câncer; e induzem a morte celular programada.

Além disso, o produto diminui os efeitos colaterais provocados pelas drogas quimioterápicas utilizadas no tratamento da doença.

própolis

Antiviral

A substância é famosa pelo combate a resfriados e vírus da gripe, atuando também na prevenção de constipações, pneumonias, asmas, bronquites e doenças do aparelho repertório, tais como sinusites, amidalites e renites.

Outros benefícios

Além desses benefícios, o própolis também é conhecido por:

  • Ajudar na saúde da boca e dos dentes;
  • Contribuir com a cicatrização de ferimentos da pele;
  • Prevenir a acne;
  • Impedir a fadiga e o cansaço;
  • Servir de anestésico, antifúngico, antimicrobiano e antivirótico.

Usos e indicações

própolis

O própolis pode ser encontrado em diversos formatos e em várias concentrações: extrato, pó, spray bucal, pastilhas, balas, suspensão, xaropes, cápsulas e em gotas. Também, é manipulado na forma de cremes, pomadas e loções, além de ser adicionado a diversos produtos cosméticos.

A forma de consumo vai depender da formulação e do objetivo. De maneira geral, ingerir 15 gotas em jejum, diluídas em um pouco de água, ajudam a aumentar a imunidade do organismo.

Já no caso de estomatite e inflamações da garganta. Por exemplo, o extrato alcoólico traz melhores resultados, uma vez que cria uma película protetora no local.

Cuidados

Apesar de todos os benefícios do própolis, seu uso exagerado não é recomendado. A indicação para uso via oral só pode ser feita por um especialista, que vai indicar a dosagem ideal para cada pessoa, e a manipulação deve ser feita sempre em um laboratório.

Gestantes e crianças com menos de um ano devem evitar o consumo.

Use, sempre que possível, o extrato de própolis em solução, evitando aqueles que são misturados a outros produtos. Utilize com moderação, e caso sinta algum desconforto, ou perceba que o problema não está sendo solucionado, suspenda o uso, procurando por um especialista no assunto.



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *