full screen background image
Últimas notícias

Silício orgânico para pele e cabelo – Para que serve? Contraindicações


O silício orgânico é um mineral presente em inúmeras reações do organismo, sobretudo no auxílio da síntese dos tecidos conjuntivos, como ossos, cartilagens, pele, cabelo e unhas. Quando aliado ao colágeno, ele atua fortemente contra o envelhecimento precoce da pele e retarda o aparecimento de rugas.

Naturalmente, depois dos 20 anos de idade, os níveis de silício começam a reduzir no organismo. Por causa disso, o colágeno também começa a cair na casa dos 30, e são justamente essas alterações que promovem o ganho de rugas, dores nas articulações, dores nos ossos e enfraquecimento das unhas.

Portanto, é partir desse momento que a suplementação desse mineral pode ser indispensável. Saiba mais a seguir, só aqui no Quero Viver Bem!

Silício orgânico para cabelo

Benefícios do uso do silício orgânico

Muito mais do que uma fonte de beleza, esse mineral é capaz de promover a saúde de ossos, articulações e cartilagens. Com o passar dos anos, todos os seres humanos iniciam um processo de degradação do corpo, por causa do envelhecimento. Mas, os motivos também podem ser incentivados pela alimentação irregular e pobre em silício.

O sangue do ser humano tem cerca de 10mg/l de silício. Esse mineral está presente em tendões, músculos, pâncreas, ossos, fígado, baço, coração, rins, tireoide e glândulas suprarrenais.

De acordo com os especialistas, o declínio desse mineral no corpo humano, entre a juventude e a velhice, é de 80%. Mas, estudos animadores mostram que a suplementação com o silício orgânico é bastante eficiente e sem toxicidade.

Ou seja, o mineral, consumido pela suplementação, consegue agir restabelecendo o equilíbrio nas seguintes funções:

  • Aumento de elasticidade da pele;
  • Diminuição das dores e da rigidez nas articulações;
  • Aumento da formação de colágeno nos ossos;
  • Diminuição da fragmentação da cartilagem;
  • Aumento da densidade mineral óssea, evitando a osteoporose;
  • Redução da profundidade das linhas de expressão;
  • Fortalecimento dos fios de cabelo;
  • Regeneração das unhas, para evitar que elas fiquem quebradiças;

O silício orgânico favorece a respiração celular. Ele é diferente de outros agentes antienvelhecimento considerados nutricosméticos, pois, antes de mais nada, o mineral limpa o organismo.

Portanto, é fato afirmar que o mineral não deve ser visto somente como um provedor de beleza, mas também de saúde e melhoria da qualidade vida.

Silício orgânico para cabelo

Como usar o silício orgânico?

Para recuperar os tecidos atingidos ou ter uma aparência mais jovem, é necessário suplementar. De acordo com os especialistas, uma cápsula de 150mg por dia é o ideal.

Além disso, não se pode esquecer que uma alimentação saudável pode ajudar, especialmente se ela tiver como fonte o silício orgânico, como é o caso de:

  • Maça;
  • Cogumelos;
  • Milho;
  • Cenoura;
  • Pepino;
  • Cebola;
  • Arroz;
  • Peixes;
  • Repolho cru;
  • Amêndoas;
  • Amendoim;
  • Aveia;
  • Soja;
  • Cevada;
  • Manga;
  • Banana.

A capacidade regeneradora da pele promove uma aparência mais bonita e com menos rugas, além disso, o silício fortalece os ossos, atuando sua mineralização deles.

É importante salientar que o efeito rejuvenescedor do silício não é direcionado somente à pele, mas também ao cabelo, às paredes das artérias e às unhas, promovendo, ainda, o reforço do sistema autoimune.

As cápsulas de silício podem ser compradas em lojas de produtos naturais. Sugere-se o uso desse mineral após os 30 anos.

Todavia, vale ressaltar a importância da orientação médica na ingestão de qualquer suplemento. Na dúvida com relação à posologia, consulte uma nutricionista.

Para começar a fazer efeito, é necessário que o uso das cápsulas seja feito por, pelo menos, 3 meses.

Silício orgânico para cabelo

Contraindicações

Grávidas, lactantes e crianças não podem usar nenhum tipo de suplementação sem o conhecimento do seu médico. O mesmo ocorre com pessoas que possuem doenças renais ou condições especiais de saúde que exigem o uso contínuo de medicamentos.

Efeitos colaterais com relação ao uso do silício orgânico só foram encontrados em relação ao consumo maior do que a dose recomenda. Além disso, pessoas alérgicas a quaisquer componentes da fórmula também não podem fazer uso das cápsulas do mineral.

Todavia, se perceber qualquer sintoma desagradável a partir do uso do mineral, suspenda o uso e procure a orientação de um especialista. Afinal, cada organismo reage de uma forma diferente, até mesmo diante de alguns suplementos.



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *