full screen background image
Últimas notícias

NVIDIA recria chegada do homem na Lua em uma demo gráfica utilizando Ray Tracing




Em comemoração aos 50 anos da missão Apollo 11, empresa recriou o pouso para demonstrar todo poder da tecnologia RTX

No próximo dia 20 de julho, o mundo comemorou os 50 anos da chegada do homem a Lua, graças a missão Apollo 11 e seus astronautas: Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins. Em 1969, durante a corrida espacial contra a antiga União Soviética, os Estados Unidos acabaram vencendo a disputa para saber qual país chegaria primeiro em nosso satélite natural, assim marcando “um pequeno passo para o homem, porém, um gigante para a humanidade”.

Como forma de homenagear esse feito histórico da humanidade, a NVIDIA resolveu ressuscitar uma antiga demo criada 2014, que recriava os primeiros passos dados pelos astronautas na Lua em diversos detalhes, como a sonda, trajes e de como o terreno e poeira da Lua se comportavam na hora do pouso.

Cinco anos depois, graças as novas tecnologias disponíveis hoje, a empresa pode tornar essa demonstração ainda mais realista e cinematográfica.

Utilizando a técnica de Ray Tracing, que permite que reflexos e sombras sejam renderizados de forma realista para o usuário, a empresa pode trazer diversos detalhes como, por exemplo, demonstrar como a sombra se comportaria em uma determinada posição do Sol em relação à Lua ou de como as luzes e reflexos seriam projetados na viseira do capacete do astronauta.

Para renderizar essa demonstração, obviamente foi usada uma das placas da linha RTX da empresa, porém, não foi especificado qual era esse modelo, mas a julgar pela qualidade e realismo das imagens, acreditasse que uma placa RTX Quadro tenha sido utilizada.

Enquanto o homem não volta a Lua (segundo a NASA, a agência pretende retornar ao nosso satélite natural até 2024), essa talvez seja a representação mais próxima e de maior qualidade desse momento histórico.

Fonte: Techcrunch, NVIDIA



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *