full screen background image
Últimas notícias

7 impactantes frases de Ezra Pound


As frases de Ezra Pound têm um encanto único. Apesar de ter tido episódios muito questionáveis em sua vida, como o apoio que deu a Benito Mussolini, por exemplo, isso não diminui o valor de seu trabalho literário, que é impecável.

O maior objetivo deste grande poeta americano foi o de fazer uma combinação entre a poesia clássica e o modernismo. Isso se reflete em seu estilo particular e também nos assuntos que abordou.

Nas frases de Ezra Pound aparecem referências que vão desde o mitológico ao econômico e ao político.

“As guerras são travadas para produzir dívidas”.
-Ezra Pound-

Além de poeta, foi músico e ensaísta. Também tradutor, embora essa profissão não tenha sido muito lucrativa para ele. Declarou-se inimigo do romantismo e dedicou grande parte de sua vida às suas duas grandes obras: Os Cantos I e II.

Estas são algumas das frases mais interessantes de Ezra Pound.

1. A arte de governar nas frases de Ezra Pound

Esta é uma das frases de Ezra Pound que mostra sua grande astúcia para perceber os fenômenos do poder. Ele diz: “Governar é a arte de criar problemas cujas soluções mantenham a população em suspense”.

Independentemente de suas posturas políticas pessoais, a frase é magistral. Mostra a verdadeira essência dos diferentes governos ao longo de to tempo. Muitas vezes, o objetivo não é resolver as dificuldades, e sim criá-las. Isso garante um maior controle.

Homem fazendo discurso

2. Uma das frases de Ezra Pound sobre a liberdade

Esta é uma daquelas frases de Ezra Pound que impressiona pela sua força. Ela diz: “Escravo é aquele que espera por alguém que venha e o liberte”. Esta é uma perspectiva muito interessante sobre a liberdade.

Concorda com praticamente todas as correntes da psicologia. O objetivo dessa ciência é que as pessoas compreendam que devem tomar as rédeas de seu destino e que cada um é responsável por sua própria vida. Liberdade que nasce da responsabilidade.

3. A guerra moderna

Esta frase não é exatamente pacifista, longe disso. Não glorifica a guerra, mas faz uma observação muito sugestiva sobre ela. Ele diz assim: “O verdadeiro problema da guerra (a guerra moderna) é que ela não dá a ninguém a possibilidade de matar as pessoas que deveria”.

Além do conteúdo violento, a denúncia implícita nessa frase é interessante. As guerras não são postas em prática por aqueles que as provocam, que são exatamente aqueles que saem menos prejudicados delas. Nas guerras, enfrentam-se vítimas de um grupo e de outro.

4. Aqueles que cercam os ricos

Esta é outra das frases de Ezra Pound que faz uma dura crítica a alguns aspectos da realidade social. Sua afirmação indica: “Vamos, amigo, nos lembremos de que os ricos têm garçons e não amigos”.

Trata-se de uma frase incrível que mostra que o dinheiro não é necessariamente uma fonte de felicidade. Da mesma forma, a própria riqueza promove servilismo e hipocrisia em torno dela. Por isso, diz-se coloquialmente que só é possível ter amigos na pobreza.

5. O que você deve temer

Esta é uma bela frase que, além de frase, acaba sendo um verso. Nela, Ezra Pound declara: “Tenha mais medo do tempo do que dos meus olhos”. Essa é uma metáfora profunda e incrível sobre as chamadas “más ações”.

Quando alguém é prejudicado, quem cometeu a ação de prejudicar pode acreditar que se safou porque não foi descoberto. No entanto, o tempo descobre tudo e, mais cedo ou mais tarde, gera consequências negativas para o autor.

6. A gratidão

Outra frase muito bonita de Ezra Pound diz: “E se o velho frio estrangular sua loja, você será grato quando a noite passar.” É muito engenhosa e bonita a maneira como ele expõe como as situações negativas são relativas.

Às vezes, o que consideramos uma adversidade é, na verdade, uma situação que nos obriga a sair da nossa zona de conforto e construir algo novo. Na verdade, muitas das nossas grandes conquistas começaram justamente quando aconteceu algo que nos obrigou a renascer.

Agradecer pela vida


7. O sagrado nas frases de Ezra Pound

Esta frase fala sobre a essência do sagrado e o faz a partir de uma perspectiva direta e profunda. Ela diz o seguinte: “O templo é sagrado porque não está à venda”. Trata-se de uma declaração que não se aplica somente ao estritamente religioso, e sim para todo o transcendente.

O que essa frase nos leva a entender é que o valor do sagrado está no fato de que não se pode lucrar com ele. Não se compra nem vende. Não pode ser objeto de nenhuma transação, porque intrinsicamente não tem preço.

É provável que Ezra Pound não tenha enxergado plenamente as implicações de suas posições políticas. Ele foi acusado de traição e banido de muitos círculos intelectuais.

No entanto, como você pode ver, suas abordagens são tão lúcidas e universais que dificilmente podem ser atribuídas a uma ideologia.



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *