full screen background image
Últimas notícias

o que é e como podemos alcançá-lo?


Você já teve um orgasmo muito mais intenso do que o normal? A sua duração também foi diferente? Isso é conhecido como orgasmo expandido, uma experiência de clímax muito mais agradável que nos permite desfrutar do prazer em toda a sua extensão.

Se você já experimentou esse tipo de orgasmo em algum momento, pode se perguntar o que fazer para tê-lo com mais frequência. Ao longo deste artigo, responderemos a essas perguntas. Além disso, vamos explicar o que é o orgasmo expandido com mais profundidade.

O que é um orgasmo?

Mulher tendo orgasmo expandido
O orgasmo expandido difere dos “normais” em sua intensidade e duração.

O orgasmo é um sentimento de intenso prazer que, segundo o artigo Orgasmo e seu impacto na qualidade de vida, “é um fenômeno neurofisiológico que produz contrações da musculatura bulbo-cavernosa e geralmente coincide com a ejaculação”.

O que essa definição não explica é que o orgasmo pode ser de muitos tipos e intensidades. Por exemplo, um homem pode alcançar o clímax sem ejacular (ejaculação retrógrada) ou uma mulher pode ejacular . Além disso, podemos sentir orgasmos muito mais agradáveis do ​​que outros.

Quanto ao grau de prazer, aqui entra o orgasmo expandido, que não tem nada a ver com o orgasmo múltiplo. Nesse caso, o orgasmo dobra sua intensidade, levando a pessoa ao seu êxtase mais extremo.

Este termo foi cunhado por Patricia Taylor em suas pesquisas, que descrevem como, durante essa experiência, a pessoa se deixa levar por alguns segundos ou até minutos para terminar com uma sensação de relaxamento e grande satisfação. Uma experiência de orgasmo muito distante do “normal”.

Leia também: Descoberto fungo cujo aroma pode causar o orgasmo feminino

Orgasmo expandido e o tantra

Jogos sexuais
A sensação de prazer do orgasmo expandido é similar em homens e em mulheres.

Algo que Patricia Taylor deixou claro em suas pesquisas é que o orgasmo expandido pode ser experimentado por homens e mulheres. Isso é importante, uma vez que se considera que as mulheres sentem mais prazer do que os homens quando atingem o clímax.

Esse conceito de orgasmo expandido tinha uma associação muito particular com o tantra. Isso ocorre porque o tantra não se concentra no clímax, mas em experiências sensoriais e sensuais. Por exemplo, as carícias, o atrito da pele, a umidade dos beijos… Tudo aquilo de que não costumamos ser conscientes.

Essa consciência que expande nossos sentidos nos permite desfrutar ainda mais da experiência sexual. Sem pressa, apreciando o que geralmente não percebemos, percebendo os cheiros e tendo uma relação sexual muito diferente, mas extremamente agradável.

O resultado? Um orgasmo expandido que provoca contrações não apenas nos órgãos genitais, mas em todo o corpo, causando uma verdadeira perda do controle.

Você também pode gostar de ler: 6 razões pelas quais você não gosta de sexo plenamente

Como ter um orgasmo expandido?

Agora que sabemos o que é um orgasmo expandido, vamos falar sobre como experimentá-lo ou desfrutá-lo novamente com mais frequência. Para isso, é necessário colocar em prática alguns hábitos que nos permitirão alcançá-lo:

  • Exercícios de Kegel: consiste em exercitar os músculos do assoalho pélvico, contraindo e relaxando. Existem aplicativos e dicas que podemos colocar em prática que exigem apenas 5 minutos por dia.
  • Masturbação: a masturbação nos ajuda a conhecer nosso próprio corpo, a explorá-lo para saber do que gostamos, com que intensidade e onde devemos nos tocar. Isso vai nos dar mais autoconfiança quando estivermos com outra pessoa, para podermos alcançar o máximo prazer com ela.
  • Concentrar-se no momento: se você estiver pensando em outra coisa ou se sentindo inseguro em relação ao seu corpo durante o sexo, será impossível alcançar um orgasmo expandido. Pensar no aqui e agora é essencial para ter uma experiência mais agradável.

Você é capaz de distinguir os tipos de orgasmo que experimenta? Você já teve um orgasmo expandido? Nós queremos encorajá-lo a conhecer o seu corpo. É fundamental resolver as inseguranças que podem limitá-lo no momento de se tocar ou apreciar a relação sexual.

Experimentar coisas novas pode nos ajudar a descobrir outras maneiras de obter prazer. O que você está esperando para aproveitar o clímax ao máximo?



Fonte




Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *