domingo , 25 de julho de 2021

A PEC 32 QUE VAI ACABAR COM O FUNCIONALISMO COMO CONHECEMOS.

ELES QUEREM ACABAR COM A NOSSA CARREIRA E DIREITOS ADQUIRIDOS.

O SindServ há muito tempo vem avisando sobre as tramoias que as mudanças propostas pelo Governo Federal desde que o ex-presidente Temer e sua turminha deu o golpe nos trabalhadores. As “REFORMAS” que tanto a elite defende, só vieram para destruir os direitos dos trabalhadores e extinguir os sindicatos bem com a JUSTIÇA DO TRABALHO NO BRASIL. Aprovar a reforma administrativa no funcionalismo público é uma das grandes metas do governo do presidente Jair Bolsonaro. Recentemente, um novo episódio tornou a nossa evolução ainda mais complicada. Deputados membros da Frente Parlamentar da Reforma Administrativa propuseram ao Congresso a extensão das mudanças para quem já é funcionário público, o que não está previsto no texto original.
Entre outros pontos, o texto altera os regimes de contratação e estabilidade, a possibilidade de extinguir órgãos e cargos e a demissão por mau desempenho, além de simplificar o acúmulo de cargos. Obviamente, utilizando os critérios apresentados pelos gestores, não dos trabalhadores. Não serão mais pagos o anuênio, que é o reajuste do salário em 1% por ano; a licença-prêmio em todos os âmbitos e a aposentadoria compulsória, como espécie de punição ao servidor. Estão proibidas a concessão de reajustes salariais retroativos; a incorporação ao salário de valores referentes ao exercício temporário de cargos e funções; a promoção com base apenas no tempo de serviço; a redução de jornada sem a respectiva redução de salário, exceto por motivo de saúde e a redução da jornada e da remuneração para os cargos típicos de Estado. Os cargos comissionados e as funções gratificadas serão gradativamente extintos para dar lugar aos novos cargos de liderança e assessoramento. E uma parte deles será ocupada mediante seleção simplificada. As vagas de secretários e as de assessoramento, consideradas estratégicas, serão de livre nomeação e exoneração. Dá para entender porque, né? Caro sócio, como este é um tema muito amplo, importante e detalhado, traremos mais informações sobre este Projeto de Emenda Constitucional 32, nas próximas edições da Folha do Servidor e aqui no site. Fique atento! Mas queremos deixar bem claro a todos que o Governo Bolsonaro quer destruir tudo aquilo que não somente os Servidores Públicos conseguiram construir historicamente, mas destruir todo aquilo que beneficia os trabalhadores de forma geral. Bolsonaro odeia os trabalhadores. Até agora ele não fez NADA, absolutamente NADA, que nos favoreça. Só nos prejudicou até agora. Nem ao povo pobre brasileiro. Enquanto isso, a pobreza, a fome e a miséria avassala o povo. Quem vai se beneficiar com isso tudo? Os patrões que vão explorar o trabalhador quase que sem direitos nenhum, sem sindicatos e sem Justiça. Acompanhem mais as nossas publicações. A VERDADE deve ser a nossa aliada. FILIE-SE E FORTALEÇA O SEU SINDICATO. CHEGA DE NEGACIONISMOS. CHEGA DE FAKES NEWS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *